Notícias

Quando o universo conspira, curta-metragem de 2008 de Caio Bortolotti, integra a Sessão Jovem da 8ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. O filme conta a história de um garoto que não consegue conquistar uma menina e é ajudado por elementos como o Tempo, o Vento e a Música, que conspiram a seu favor.
A menina olha pela janela do trailer com atenção. Vê animais no formato das nuvens, e escreve em seu caderno. Prepara-se para a nova turnê: é filha de artistas de circo, e trabalha como trapezista. O nome dela é Kata.
A estreia nacional de A Casa Verde será em abril de 2010. A distribuição será feita pela Globo Filmes. Até agora, apenas sessões fechadas foram realizadas, além da pré-estreia na 8ª Mostra de Cinema Infantil, no sábado, 4 de julho.
Josué e o pé de macaxeira, curta-metragem de animação de Diogo Viegas, integra a programação da Mostra deste ano. O filme conta história de um menino que troca seu burro por uma “macaxeira mágica”, e é uma adaptação brasileira para o velho conto de João e os feijões mágicos que o levam a um mundo fantástico. “Com diversas mudanças e adaptações, trouxemos para o ambiente nordestino a história de ‘João e o pé de feijão’. Desde pequenas adaptações, como o fato do gigante ser um cangaceiro, até grandes mudanças conceituais, tal como a harpa mágica ser substituída por um trio de forró de barro”, conta Viegas.
Uma fábula sobre o surgimento da tristeza. Pelos olhos de uma menina de 5 anos, conhecemos a história de um rei que, para proteger a sua filha, resolve trancá-la em uma torre no castelo até o dia do seu casamento. Essa é a história de A princesa e o violinista, produção gaúcha que está concorrendo na mostra competitiva do festival.
Um gato balança seu rabo, um morcego voa até um galho de árvore. Um disco voador passa pelo céu, uma panela estoura pipocas. Um homem bebe um copo de água, um outro planta bananeira, uma borboleta bate as asas. Tudo resultado da criatividade das crianças que participam das oficinas de sombra chinesa na Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis.
O “Cinema Infantil no Brasil e no Mundo" foi o tema que aqueceu o debate do 5º Encontro Nacional de Cinema Infantil. Mediado pelo diretor de animação Andrés Lieban, o encontro teve a participação de Silvio Da-Rin, secretário do Audiovisual (SAv/MinC), Glauber Piva, diretor da Agência Nacional de Cinema (Ancine), Sannette Naeyé, do Festival Cinekid, da Holanda, Carla Camurati, diretora do Festival Internacional do Cinema Infantil (FICI), Moema Müller, da Cinemateca Brasileira/Programadora Brasil, Solange Lima, presidente da Associação Brasileira de Documentaristas e Curta-metragistas (ABD), e Luiza Lins, diretora da Mostra de Florianópolis.
A pré-estreia nacional do longa A Casa Verde, na 8ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, às 16 horas deste sábado, 4 de junho, no Teatro Governador Pedro Ivo, terá a presença da equipe do filme. O diretor Paulo Nascimento vai estar na sessão acompanhado da atriz Fernanda Moro, da atriz mirim Alice Nascimento e da produtora executiva Marilaine Castro da Costa.
Sobre uma mesa de vidro com luz, os contornos de papel tomam vida própria. Círculos são bolas a rolar, mas podem virar pneus: basta pegar a tesoura, fazer uns recortes e deixar a imaginação fluir. Materiais obsoletos como botões, palitos de picolé, grãos de feijão e até terra compõem cenários em preto e branco. Papel celofane colorido pode dar toques de cor. Acima da mesa, uma câmera de vídeo registra 30 quadros por segundo.
Melhor Animação em vídeo na Mostra Competitiva de Vídeos do Mercosul, no FAM 2009. Melhor Curta Metragem Digital e Prêmio Especial da Crítica/Imprensa, no Cine-PE 2009. Seleção, dentre 1200 filmes de todo o mundo, para participar do Anima Mundi 2009. Seleção para a Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Alguma coisa especial A Ilha tem.
Loading new posts...
No more posts

Faça parte da nossa lista!

Receba notícias atualizadas sobre a Mostra

    Aceito receber emails da Mostra de Cinema Infantil

    patrocinadores da Mostra
    Mostra de Cinema Infantil