Notícias

Amanda Canan Campos é a blogueira oficial da 8ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Com a idade do evento, ou seja, com seus 8 anos, ela se diverte atualizando o Bloguinho da Mostra, acompanha todos os filmes e faz crítica de cinema: “descobri como é legal contar para as outras pessoas o que a gente gostou ou não gostou”, comenta.

A maratona de 17 dias da 8ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis chega ao fim neste final de semana com a exibição do longa Azur e Asmar e de quatro curtas do diretor francês de animação Michel Ocelot, que está em Florianópolis e participa das sessões dos seus filmes. No domingo, serão apresentados dois shows do grupo musical Palavra Cantada. Às 17 horas, será divulgado o nome do filme vencedor da Mostra Competitiva e o resultado do 2º Pitching da Mostra.

A Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis está crescendo. Já superou a dificuldade dos primeiros passos, já aprendeu a falar – já tem oito anos. Mas não foi só ela que cresceu. Seus primeiros espectadores, lá no começo de tudo, não são mais criancinhas, mas isso não significa que devam ficar órfãos da Mostra de Cinema.

No domingo, 5 de julho, às 18 horas, no Teatro Governador Pedro Ivo, o trio formado pelos músicos Silvio Mansani, Luis Canela e Marco Lorenzo interpreta as músicas do disco No dorso do rinoceronte na 8ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Idealizado por Emílio Pagotto e Mansani, o projeto canta temas do universo infantil em ritmos populares como marchinha, samba e jazz “criando uma atmosfera sobretudo lúdica, sem deixar de lidar com temas mais introspectivos, como a tristeza”. Para o show de domingo, eles prometem muita diversão e algumas canções inéditas.

As férias do Lord Lucas, da gaúcha Tatiana Nequete, foi eleito melhor curta-metragem da 8ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Em segundo e terceiro lugar, respectivamente, ficaram os filmes Kata, de Márcio Schoenardie, também do Rio Grande do Sul, e A menina espantalho, de Cássio Pereira dos Santos, do Distrito Federal. Participaram da Mostra Competitiva deste ano 68 filmes de todo país.

Dois projetos venceram o pitching da 8ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis: o brasileiro Tainá 3, da Sincrocine/Tiete (RJ) e o argentino El Inventor de Juegos, da Pampa Filmes. Nesta segunda edição do pitching concorreram seis projetos do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Argentina.

Só as melhores: o show de encerramento da 8ª Mostra de Cinema Infantil, com o Palavra Cantada, encantou a todos com as canções preferidas da garotada. O teatro lotado deu a dimensão do sucesso do grupo. Sandra Peres agradeceu à Mostra e especialmente a Luiza Lins, diretora geral do evento, pela oportunidade de estar em Florianópolis pela quinta vez.

Quem compareceu a 8ª Mostra de Cinema Infantil nesse domingo, 28 de junho, conferiu um programa para lá de especial. Depois das sessões de cinema, o diretor pernambucano Wildes Sampaio apresentou para crianças e pais várias de suas obras, produzidas em conjunto com jovens e crianças. Wildes é idealizador do Cine Sertão, projeto que visa difundir o audiovisual na região nordestina, promovendo exibições de vídeos, oficinas e concursos de redação para os pequenos. Mais de 30 mil crianças já participaram dessa iniciativa.

A 8ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis ocorre a partir desta segunda, 29 de junho, também na escolas da Capital, de São José, Palhoça e Biguaçu. Além da programação de filmes no Teatro Governador Pedro Ivo Campos, na SC-401, destinada a escolas públicas e particulares, nesta semana e na próxima será realizada a Mostra Itinerante. Serão exibidos cinco curtas com uma duração total de 52 minutos.

Faça parte da nossa lista!

Receba notícias atualizadas sobre a Mostra

    Aceito receber emails da Mostra de Cinema Infantil

    logomarcas patrocinadores e realizadores
    Mostra de Cinema Infantil