Homenageados com o Prêmio Amigo do Cinema Infantil

O Prêmio Amigo do Cinema Infantil foi criado em 2005 para homenagear pessoas que ajudam a desenvolver o cinema para crianças e jovens no Brasil. Conheça os homenageados. 

17ª Mostra (2018): Múcio Althoff, assessor de Relações Institucionais da Eletrosul, que apoia a Mostra há 15 anos; e Júlio César Lunardi, diretor administrativo da Engie Brasil Energia, que patrocina o festival desde a primeira edição

18ª Mostra (2019): Irani Brunner Apolinário, diretor do Teatro Pedro Ivo, por tantos anos dedicados à arte e ao cinema.

16ª Mostra (2017): o professor Rodolfo Pinto da Luz, presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), pelo seu trabalho em defesa da educação e da cultura.

13ª Mostra (2014): o cineasta Alê Abreu, diretor da premiada animação “O menino e o mundo”; a equipe de “O menino no espelho”, pela trajetória do filme; e o escritor, realizador e pesquisador João Batista Melo, por sua contribuição ao cinema voltado para crianças e pela autoria do primeiro estudo feito no Brasil sobre cinema infantil, que deu origem ao livro “Lanterna mágica” e possibilitou avanços nas políticas públicas para o setor.

12ª edição (2013): o poeta brasileiro Manoel de Barros, um dos mais aclamados na contemporaneidade. Ele recebeu o Prêmio Amigo da Mostra pelas mãos da bisneta Stella Barros.

11ª Mostra ( 2012): o diretor uruguaio Walter Tournier, um mestre do cinema de animação stop motion e do cinema para infância da América Latina

10ª Mostra (2011): o escritor e cartunista Ziraldo, criador do Menino Maluquinho, um dos maiores fenômenos editoriais no Brasil de todos os tempos; Diller Trindade, produtor do filme Uma Professora muito Maluquinha; e André Alves Pinto e Cesar Rodrigues, diretores do longa-metragem. 

9ª Mostra (2010): a cineasta Ana Luiza Azevedo, diretora do filme “Antes que o mundo acabe”; Clélia Bessa, produtora do filme “Desenrola”; e André Tavares, da ONG Cinema Nosso.

8ª Mostra (2009): o cineasta francês Michel Ocelot, criador do personagem Kirikou, pela premiada cinematografia autoral de animação; e a atriz e cineasta Carla Camurati, diretora do Festival Internacional do Cinema Infantil (FICI).

7ª Mostra (2008): o diretor Helvécio Ratton e o ator Gero Camilo, pelo filme “Pequenas Histórias”; Frederico Cardoso, coordenador institucional da Programadora Brasil; a representante do Minc Ana Paula Santana, pela iniciativa do Edital Curta Criança; Diler Trindade, da Diler & Associados (RJ), produtora que mais lança filmes infantis no país; o Mário Sérgio Cardoso, diretor da TV Rá-Tim-Bum, pela qualidade do conteúdo da emissora dirigida ao público infantil.

5ª Mostra (2006): Carla Camurati, uma das diretoras do FICI (Festival Internacional de Cinema Infantil); Esther Faller, assessora de assuntos institucionais da TVE, pela parceria da TV com o MinC no Edital Curta Criança; ator e diretor Gabriel Guimard, criador do Portal da Cultura para Criança; o produtor e diretor João Batista Melo, pelo premiado curta-metragem “Tampinha”; a atriz e diretora teatral Karen Acciolly, pela organização do Festival Internacional de Intercâmbio de Linguagens; o cineasta Andrés Lieban, diretor e presidente da Associação Brasileira de Animação; e a produtora cultural Anna Karina Carvalho, pela realização do Festival Internacional de Cinema Infantil de Brasília.

4ª Mostra (2005): a educadora Felicia Krumholz, coordenadora da Mostra Geração do Festival do Rio; Carla Esmeralda, uma das diretoras do FICI (Festival Internacional de Cinema Infantil); Beatriz Lindenberg, idealizadora e produtora do Instituto Marlin Azul; Regina Assis, diretora da Multirio; o produtor e cineasta Pedro Rovai (1948 – 2018), pela trilogia da índia Tainá; e a educadora Marialva Monteiro, fundadora do CINEDUC – Cinema e Educação, que se dedica à formação de professores, jovens e crianças em linguagem audiovisual.

Faça parte da nossa lista!

Receba notícias atualizadas sobre a Mostra

    Aceito receber emails da Mostra de Cinema Infantil

    patrocinadores da Mostra
    Mostra de Cinema Infantil