diretor Tag

Paulo Henrique Aragão10 alunos, 10 encontros, 6 horas para cada encontro, 6 horas e 600 fotos para cada minuto gravado, e um mês e meio de oficina. Quando se fala em “Pixilation” logo se pensa na paciência dos cineastas que se utilizam desta técnica. Profissionais pacientes como Paulo Henrique Aragão, diretor da série de curtas metragens “Animágico”, feita com dezenas de fotos por segundo, em uma oficina do Estado de São Paulo.
Quem compareceu a 8ª Mostra de Cinema Infantil nesse domingo, 28 de junho, conferiu um programa para lá de especial. Depois das sessões de cinema, o diretor pernambucano Wildes Sampaio apresentou para crianças e pais várias de suas obras, produzidas em conjunto com jovens e crianças. Wildes é idealizador do Cine Sertão, projeto que visa difundir o audiovisual na região nordestina, promovendo exibições de vídeos, oficinas e concursos de redação para os pequenos. Mais de 30 mil crianças já participaram dessa iniciativa.
Com mais de 30 filmes no currículo, o pernambucano Wildes Sampaio estreou como diretor de cinema infantil quando tinha apenas 12 anos. Foi durante a sexta série do ensino fundamental que surgiu a ideia de criar o primeiro filme. Wildes transformou “o que era para ser um simples trabalho de escola”, em um curta-metragem didático sobre os perigos da dengue. E nunca mais parou de produzir, sempre com foco no público infanto-juvenil. Hoje, aos 22 anos, o cineasta comemora o reconhecimento pelo seu trabalho: em 2009, ele participará pela primeira vez de festivais internacionais na Argentina e na Turquia.
Carregando mais...
Finalizado

Faça parte da nossa lista!

Receba notícias atualizadas sobre a Mostra

    Aceito receber emails da Mostra de Cinema Infantil

    Do NOT follow this link or you will be banned from the site!