Lançamento da Rede Estadual Primeira Infância de Santa Catarina destaca caráter intersetorial da infância

A Rede Estadual Primeira Infância de Santa Catarina (REPI-SC) iniciou na manhã deste sábado (31) sua articulação, reunindo cerca de 50 pessoas no Majestic Palace Hotel, para conhecer a missão da Rede Nacional Primeira Infância (RNPI) e discutir a formação inicial da organização no estado. O lançamento da rede foi a primeira atividade da 13ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, que segue até 8 de junho. No encontro, a coordenadora da Mostra, Luiza Lins, destacou a importância da cultura para o desenvolvimento da criança. “Na semana passada, estivemos em Natal participando da Teia Nacional da Diversidade 2014, onde apresentamos uma série de diretrizes voltadas às políticas públicas para a cultura da infância”.

Segundo a coordenadora da secretaria executiva da RNPI, Luzia Laffite, a Rede Estadual Primeira Infância de Santa Catarina terá como missão articular agentes para promover e defender os direitos dos pequenos de 0 a 6 anos. “Os planos de ação devem ser descentralizados, mas ao mesmo tempo articulados, prezando por políticas de estado (e não de governo), que levem em consideração o caráter intersetorial da infância”. Luzia também apresentou o Plano Nacional Primeira Infância, que tem caráter político e técnico.

Durante o lançamento, os participantes também puderam conhecer mais sobre a dinâmica da RNPI e de que forma pode ocorrer a articulação entre as esferas estaduais e, sobretudo, municipais. A programação contou com palestras de entidades que já são membros da rede nacional: Espaço Imaginário, Instituto da Infância (Ifan) e a ONG Avante.

O evento foi aberto ao público e reuniu acadêmicos, servidores públicos, representantes de outras organizações e instituições, entre elas: ONG NO DROGAS, Barca dos Livros, Ministério Público de Santa Catarina (MP-SC), Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Associação Catarinense para Integração do Cego (Acic), Centro de Educação e Evangelização Popular (Cedep), Núcelo de Desenvolvimento Infantil (NDI-UFSC), Casa Amarela – Território do Brincar, Instituto Guga Kuerten e Núcleo de Educação Infantil Maria Salomé. Foi entregue aos participantes uma série de peças gráficas sobre o tema, inclusive o Guia para a Elaboração de Planos Municipais pela Primeira Infância.

Próximos passos

No dia 8 de junho, às 14h, no Teatro Governador Pedro Ivo Campos, será realizada uma roda de conversa, seguindo a programação da Mostra de Cinema Infantil, que reunirá crianças e autoridades municipais, entre elas o secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Dalmo Vieira Filho.

A próxima reunião da REPI-SC será realizado no dia 14 de junho, às 9h30, no Porto da Lagoa. As organizações interessadas em compor a Rede Estadual devem entrar em contato pelo email repisantacatarina@gmail.com ou pelo telefone (48) 9181-6227.

Sobre a Rede Nacional Primeira Infância

Existe há oito anos e é formada por um conjunto de organizações da sociedade civil, governo, setor privado, de outras redes e de organizações multilaterais que atuam na promoção da primeira infância. A Rede tem como missão fomentar a elaboração, o aprimoramento e a integração das políticas nacionais para as crianças até seis anos de idade.

Com a adesão da Rede de Santa Catarina, apenas oito estados brasileiros não contam com representantes na RNPI.



Faça parte da nossa lista!

Receba notícias atualizadas sobre a Mostra

    Aceito receber emails da Mostra de Cinema Infantil

    [honeypot website]

    logomarcas patrocinadores e realizadores
    Mostra de Cinema Infantil