Sessões Itinerantes animam escolas da capital

“É só seguir o cheiro da pipoca” avisa Francesca Moresco, supervisora da Escola Básica José Amaro Cordeiro no Morro das Pedras, indicando onde acontece a Sessão Itinerante desta terça-feira, 5 de julho. Além dessa escola, outros quatro lugares exibem os filmes da Mostra no sul da ilha: Campeche, Costeira, Rio Tavares e Ribeirão da Ilha.

Durante esta semana, até 8 de julho, serão cerca de 3 a 5 sessões itinerantes por período. A quantidade varia de acordo com o número de aulas do local, a quantidade de crianças e a capacidade do espaço. Na 15ª edição, todas as crianças dos cinco bairros do sul poderão se deliciar com a tradicional pipoca após a sessão.

“O cinema dá esperança para as crianças de que o mundo é legal”, explica Sofia Mafalda, que coordena a Mostra Itinerante dessa região desde 2007 e por muito tempo já trabalhou com exibição. Apesar de idades diferentes – os filmes são exibidos para crianças de até 14 anos – os pequenos se identificam facilmente com os curtas, relata a coordenadora da itinerância.

Nesta edição, foram exibidos os curtas-metragens que fazem parte do Circuito Estadual de Cinema Infantil. Entre os títulos, Nham Nham – A criatura, de Lucas de Barros, escolhido o Melhor Filme pelo Júri Popular da 14ª edição da Mostra de Cinema Infantil.

Gabriela Ventura, 13 anos, conta que a Sessão é importante porque os alunos saem da rotina e também aprendem com os filmes. “Com Salu e o Cavalo Marinho aprendemos a seguir nossos sonhos”, explica a jovem, que já participa da Sessão Itinerante há pelo menos quatro anos.

 

Fotos: Kélen Oliveira

 

 

Fotos: Kélen Oliveira



Faça parte da nossa lista!

Receba notícias atualizadas sobre a Mostra

    Aceito receber emails da Mostra de Cinema Infantil

    patrocinadores da Mostra
    Mostra de Cinema Infantil