Seminário propõe levantamento e ampliação de cineclubes nas escolas

A ampliação da rede cineclubista em direção às escolas é uma das questões em pauta no 2° Seminário Cineclubismo, Cinema e Educação, que ocorre nesta segunda-feira, 9 de julho, a partir das 14 horas na Fundação Cultural Badesc. Já funcionam cineclubes nas escolas, principalmente via Ministério da Educação por meio dos projetos Mais Educação e Escola Aberta, mas não há uma estatística sobre o número de salas existentes e nem em quais regiões elas funcionam.

“No seminário vamos propor que o censo anual feito pelas secretarias de estaduais e municipais de educação incluam um levantamento sobre o número de cineclubes nas escolas”, diz a diretora de memória do Conselho Nacional de Cineclubes, Gizely Cesconetto, uma das integrantes da mesa. “Muita gente não sabe o que é cineclube e o seminário vai propor também que esta ideia seja discutida e ampliada, principalmente entre professores”, explica.

O seminário faz parte da 11ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, e terá ainda a presença do presidente da Cinemateca Catarinense, Reno Caramori, do doutorando em história com estudos sobre Cinemateca, Fausto Correia Júnior, do presidente da Federação Catarinense de Cineclubes, Vicente Pozzobon e a mediação do cineasta e coordenador audiovisual da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, Chico Faganello.

Reno vai falar sobre o Ponto de Cultura Retratos Audiovisuais, uma proposta de cineclubismo desenvolvida dentro de duas das maiores escolas no bairro Martelo, em Caçador, um município do Centroeste catarinense. Além de trabalhar com a ideia de cineclubismo, o projeto estimula a produção entre os alunos.

Segundo Vicente, da federação, há pelo menos 60 cineclubes em funcionamento regular no Estado, uma pequena parte deles funcionando no interior de escolas. Vicente é responsável pelo Cineclube Armação, no Sul da Ilha, em Florianópolis, com atividades desde 2004. No seminário, ele vai falar sobre esta sala, em funcionamento num auditório para 100 pessoas, com sessões aos sábados para a comunidade do bairro, que agora está desenvolvendo atividades também para os estudantes e para um Núcleo Infantil de Educação.

A proposta de aproximação e criação de cineclubes nas escolas, envolvendo toda a comunidade em torno da obra audiovisual é uma proposição do Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiro (CNC). Ao mesmo tempo em que o tema é debatido em todo o Brasil, tramita no Congresso Nacional um projeto de lei do senador Cristovam Buarque que prevê a exibição de pelo menos duas horas mensais de filmes nacionais em escolas públicas e privadas

O quê: 2º Seminário de Cineclubismo, Cinema e Educação
Quando: segunda-feira, dia 9 de julho, às 14h
Onde: Fundação Cultural Badesc. Rua Visconde de Ouro Preto, 216, Centro, Florianópolis.
Quanto: gratuito

 



Faça parte da nossa lista!

Receba notícias atualizadas sobre a Mostra

    Aceito receber emails da Mostra de Cinema Infantil

    logomarcas patrocinadores e realizadores
    Mostra de Cinema Infantil