Mais difusão para filmes infantis

“Multiplicar os filmes para crianças em salas alternativas de exibição”: esse é o objetivo da Programadora Brasil e da Mostra de Cinema Infantil. Moema Müller, da Programadora Brasil/Cinemateca Brasileira e Luiza Lins, diretora da Mostra, assinaram o Termo de Parceria nesta sexta, 26 de junho. “A maior demanda da Programadora é de filmes infantis e filmes de família, queremos avançar nesse sentido e multiplicar o número que temos até agora que é de 68 filmes infanto-juvenis”, diz Moema Müller, coordenadora de produção da Programadora.

Em agosto deste ano a Programadora Brasil lançará um pacote de DVDs com 126 filmes, 28 deles são dedicados ao público infantil. Isto já é um resultado da parceria com a Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Luiza Lins participou da curadoria e ajudou na seleção desses filmes, incluídos em quatro programas diferentes. “A Mostra recebe todos os anos uma quantidade significativa de filmes e nós selecionamos os melhores. Sempre recebemos pedidos de todo o país, de cineclubes principalmente, para que repassemos a produção exibida na Mostra de Cinema Infantil, mas esse processo é complicado, devido aos direitos autorais. Nessa parceria com a Programadora Brasil estamos potencializar nosso trabalho e colaborando para difundir a produção audiovisual para o público infantil”, relata Luiza.

Projeto da Secretaria do Audiovisual/Ministério da Cultura, a Programadora Brasil consiste em licenciar produções nacionais e disponibilizá-las em DVDs para espaços de exibição não-comerciais, como cineclubes, pontos de cultura e escolas. Em cinco anos de existência, a Programadora já lançou 128 programas temáticos (128 DVDs) com 369 títulos (88 longas-metragens, 9 médias e 272 curtas). Os DVDs podem ser adquiridos por 25 reais cada. A taxa cobrada subsidia o pagamento para compra de direitos autorais dos realizadores e envio do material pelo correio. Hoje esses DVDs chegam em 200 municípios que não têm cinema.

Historietas Assombradas: o mais visto

Sempre que possível as exibições com os DVDs da Programadora Brasil são relatadas para a Secretaria do Audiovisual, com isso é possível medir a plateia. O filme mais assistido até agora é Historietas Assombradas (para crianças malcriadas), de Victor Hugo Borges (15’, 2005), com 4 mil espectadores. O curta-metragem infantil foi premiado em alguns festivais e, como todo curta tem dificuldade para encontrar espaços de exibição. Mais um mote da Programadora: ser uma janela também para o curta-metragem.

Informações:
www.programadorabrasil.org..br
Tel.: (21) 9233-3972 / (21) 2580-3631 ramais 239 e 240
informe@programadorabrasil.org.br



Faça parte da nossa lista!

Receba notícias atualizadas sobre a Mostra

    Aceito receber emails da Mostra de Cinema Infantil

    logomarcas patrocinadores e realizadores
    Mostra de Cinema Infantil