Confira como foi a abertura do Encontros de Mercado na 20ª Mostra de Cinema Infantil

Cinco painéis com convidados especiais debateram toda a cadeia audiovisual pensada para o público infantojuvenil nesta terçafeira (26)

A animação brasileira ‘Perlimps’, de Alê Abreu, foi tema de debate no primeiro dia de Encontros do Mercado da 20ª Mostra. O filme é a aposta do audiovisual infantil do ano que vem. (Foto: Divulgação/Globo Filmes).

Por Juliana Rabelo

Nesta terça-feira (26) aconteceu a abertura do Encontros de Mercado da 20ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Um momento exclusivo para pensar e debater o mercado audiovisual infantil com convidados especiais. No evento de hoje, cinco painéis debateram toda a cadeia audiovisual pensada para o público infantojuvenil. Desde a concepção, desenvolvimento, filmagem, coprodução, lançamento e marketing de uma série/filme infantil. Todo o papo foi mediado pela jornalista Flávia Guerra.

O primeiro painel contou com a participação de Luiza Lins, diretora da Mostra; Carla Esmeralda, especialista no segmento e curadora do mif.Kids e Diego Doimo, diretor criativo da Rocambole Produções. Luiza falou sobre o cenário do mercado do audiovisual brasileiro. “Precisamos nos organizar cada vez mais enquanto mercado, é uma indústria que deve ser incentivada porque gera milhares de empregos e é importante para posicionar o país no cenário mundial. Um setor que gera riquezas, em torno de R$25 bilhões ao ano, uma fatia de 0,46% do PIB brasileiro”, destacou. 

No segundo painel, Simone Oliveira, Head da Globo Filmes; Flávia Costa, gerente de conteúdo da Gloob e Rosane Svartman, consultora artística da Globo Filmes falaram sobre estratégias do grupo Globo para o cinema infanto-juvenil. Flávia enalteceu projetos que deram super certos por conta de parcerias, como a série ‘Detetives do Prédio Azul’ (DPA). que se tornou um fenômeno entre as crianças brasileiras. “Estávamos com 10 temporadas no ar e queríamos extrapolar o prédio, então fizemos uma parceria com a Globo filmes e agora o DPA tem três longas que são sucesso”, comemorou.

Com o tema “Perlimps, de Alê Abreu: Financiamento e Coprodução”, o terceiro painel reuniu Simone Oliveira, Head da Globo Filmes; Flávia Costa, gerente de conteúdo da Gloob; Ernesto Soto, produtor executivo do filme Perlimps; Laís Bodanzky, sócia da Buriti Filmes e produtora de Perlimps e Elo Winther, da Sony Pictures Brasil. 

Perlimps é uma grande aposta da animação brasileira em 2022, data de lançamento. Além de ter sido escrito e dirigido pelo experiente cineasta Alê Abreu que já teve um filme de animação indicado ao Oscar, Perlimps aborda temas atuais como a conscientização ambiental. 

Com um orçamento de R$9 milhões, o longa contou com a parceria do canal Gloob, da Globo Filmes, além da coprodução com duas produtoras e codistribuição da Sony Pictures. “O filme é uma coprodução com duas produtoras, a Buriti Filmes e a produtora do Alê, essa união veio justamente porque entendemos que fazer animação no Brasil na solidão, na sua própria produtora é difícil”, comentou Laís Bodanzky, sócia da Buriti Filmes e produtora de Perlimps.

Cinema no cenário pandêmico

Já o assunto pandemia e cinema chegou no painel 4: Distribuição em era pós pandêmica. Com presença de Daniel Rezende, diretor do filme ‘Turma da Mônica – Lições’; Bianca Villar, sócia-fundadora da Biônica Filmes; Jorge Assumpção, diretor de distribuição em cinema da Paris Filmes e Cristiana Cunha, gerente de marketing da Globo Filmes. 

Os convidados da mesa envolvidos na produção e distribuição do longa Turma da Mônica – Lições, falaram sobre as soluções encontradas para distribuir o filme em tempos pandêmicos. As filmagens da obra terminaram um mês antes da pandemia iniciar no Brasil e era pra ter sido lançado no ano passado. 

“Tínhamos o pensamento de ter lançado no ano passado, mas a pandemia parou a gente. A parceria de produtor, codistribuidor e etc, de lutar e segurar para lançar agora no fim do ano foi fundamental. Todos nós acreditamos que este é um filme de experiência coletiva de cinema”, afirmou Daniel. 

Essa parceria a que se referiu Daniel vem da Globo Filmes que participou do projeto desde o início com financiamento, curadoria e lançamento. “Com nosso aparato conseguimos fazer um incremento e uma divulgação maior e efetiva. A gente negocia espaços e divulga através da Globo.com e TV aberta”, contou Cristiana Cunha, gerente de marketing da Globo Filmes.

O lançamento do filme está marcado para 30 de dezembro deste ano. “A data é boa para o cenário atual, entendemos como está a questão da covid, mas desde abril de 2020 não tínhamos um cenário menos pior, mas estamos evoluindo rapidamente e mais pra frente já estará mais tranquilo”, explicou Jorge Assumpção, diretor de distribuição em cinema da Paris Filmes.

Tecnologia e transmídia

Atualmente o mercado do audiovisual tem ido além do roteiro, produção e distribuição. O marketing precisa também está interligado a esses processos para oferecer mais experiências ao público. É aí que entra o processo de transmídia ou crossmidea. Esse foi o tema do último painel que teve a presença de Luciane Neno, gerente de marketing e plataformas digitais da Unidade Infantil da Globo e de Antonio Augusto, gerente de conteúdo – licenciamentos, produtos e serviços digitais da Globoplay.

“A gente faz isso em 360 graus. presença nas TVs, em games, cinemas, brinquedos, materiais escolares”, contou Luciane que transformou o sucesso da TV, Detetives do Prédio Azul (DPA), em sucesso de vendas dos produtos da série. “O DPA esté presente nos streamings no globoplay, presença no Tiktok que gera mto engajamento com as crianças. Tem produtos licenciados, jogos e produtos como roupa, material escolar, experiências na Costa do Sauípe onde tem um quarto com decoração do clubinho”, enfatizou. 

Sobre a Mostra 

A 20ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis segue até 31 de outubro, online e gratuita, com 140 filmes, shows de música, sessões de cinema com transmissão ao vivo e bate-papo, oficinas, masterclass, Encontros de Cinema Infantil e Encontros de Mercado – mif.kids.

Confira a programação.

Como acessar a programação 

Basta entrar no site da Mostra, navegar pelos programas de filmes, escolher os títulos que vai assistir e clicar nos links de acesso. 

Para participar das sessões e atividades ao vivo, localize o evento desejado na programação e, na hora marcada para acontecer, clique no link de acesso. 

–Você sabia que pode votar para escolher o melhor filme da Mostra Competitiva da 20ª edição?

No total são mais de 130 filmes de 23 países, uma seleção que reflete as diversas infâncias do Brasil e do mundo.

Então não esqueça de avaliar os filmes que assistir e, assim, participar da votação popular para escolha do melhor filme da 20ª Mostra.

Acesse os curtas-metragens.

 

 



Faça parte da nossa lista!

Receba notícias atualizadas sobre a Mostra

    Aceito receber emails da Mostra de Cinema Infantil

    patrocinadores da Mostra
    Mostra de Cinema Infantil