A brincadeira na escola como aprendizado

O espaço da escola é o tema preferido do diretor Nélio Spréa. Produtor cultural, educador, músico e pesquisador, ele é realizador do premiado curta O Fim do Recreio, que trata da valorização da brincadeira na escola. Na sessão de curtas de domingo, ele apresentou A escola de ensino fenomenal, um musical que resgata brincadeiras da vida escolar e participou de um debate depois da exibição.

“As crianças fazem música dentro da escola além do que é sistematizado, criam um vocabulário próprio. E isso precisa ser valorizado”, diz o diretor. Para Sprea, a nossa tradição escolar inibe a criatividade e o pensamento reinante é que quando as crianças brincam, elas não estão produzindo conhecimento.

Para o diretor, em algumas escolas já ocorre a convivência de alunos de faixas etárias diferentes. Esta convivência é rica, diz ele, há troca, intercâmbio cultural. “As crianças vêm de famílias diferentes, que tem jeitos diferentes de viver, religiões diferentes, e essa experiência gera a tolerância e respeito pelas das diferenças”.

 

Fotos: Daniel Conzi



Faça parte da nossa lista!

Receba notícias atualizadas sobre a Mostra

    Aceito receber emails da Mostra de Cinema Infantil

    logomarcas patrocinadores e realizadores
    Mostra de Cinema Infantil