México, França e China vão encantar as sessões Longas Internacionais


A 18ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis presenteia o seu público com um olhar cativante para além das fronteiras do cinema mundial.

Três longas-metragens internacionais, sendo dois exibidos pela primeira vez no Brasil, estão entre os destaques do primeiro final de semana – sábado (29) e domingo (30): a aventura “Tesouros” (México, 2017) e as animações “Dilili em Paris” (França, 2018) e “Aventuras de Brinquedos” (China, 2017). Isso e muito mais você confere na programação completa e gratuita. 

A produção mexicana “Tesouros”, dirigida por María Navaro, faz a sua pré-estreia no Brasil marcando a abertura oficial da Mostra, na Sessão de Longa Internacional, no sábado, às 14h, no Teatro Governador Pedro Ivo. Não por menos, essas boas-vindas tanto ao filme quanto ao público contará com dublagem ao vivo feita por crianças. O filme traz a história dos irmãos Dylan e Andrea que, junto com o amigo Lucas, embarcam em uma jornada aventureira em busca de um antigo tesouro escondido. “O México vive um momento muito positivo no cinema, e é uma alegria exibir este filme e poder mostrar um pouco da cultura do país para as crianças”, explica a idealizadora e diretora da Mostra, Luiza Lins.

 

Preparem seus corações! Também no sábado, outra pré-estreia marcará o reencontro da Mostra com a produção de um velho e carinhoso conhecido: o diretor francês Michel Ocelot! A animação “Dilli em Paris” será exibida também na Sessão de Longa Internacional de sábado, mas às 19h, encerrando a programação do primeiro dia do festival. Trata-se de um filme cativante, a história de uma jovem que se envolve em uma trama de investigação na Paris da “belle époque”. E o encanto fica por conta da técnica empregada pelo diretor ao unir animação com imagens reais. O filme será exibido com legendas.

 

Amigo do Cinema Infantil 

Não há exagero algum em afirmar que a Mostra de Cinema Infantil é a casa do diretor francês, onde foi projetada toda a sua filmografia: da aclamada trilogia “Kiriku” (“Kiriku e a Princesa”, “Animais Silvestres” e “Os Homens e As Mulheres”), os longas “Azur e Asmar”, “Príncipes e Princesas” e “Contos da Noite”, além de vários curtas-metragens. Há exatos 10 anos, Ocelot veio ao Brasil especialmente para participar da Mostra, emocionou-se com a dublagem ao vivo feita por atores locais dos seus filmes e foi homenageado pelo festival com o troféu “Amigo do Cinema Infantil. “A filmografia de Michel Ocelot é única! Ele é um grande artista e seus filmes encantam pela beleza e pela temática original. Imperdível!, recomenda a diretora da Mostra. 

 

A China vem aí! 

No segundo dia da Mostra, domingo (30), o cinema chinês faz a sua estreia com a animação “Aventuras dos Brinquedos”, uma superprodução dirigida Gary Wang e que tem tudo também para surpreender a plateia. Será às 16h45min, também na Sessão Longa Internacional e com dublagem. A pipoca está garantida!

Deixe seu comentário