junho 2008

Eu e Meu Guarda-Chuva, longa-metragem em desenvolvimento do diretor Toni Vanzolini, é o vencedor do pitching de co-produção internacional promovido pela 7ª Mostra de Cinema Infantil em parceria com o BUFF FilmFestival, realizado no domingo, 29 de junho, em Florianópolis. O diretor do longa-metragem, Toni Vanzolini e o produtor, Luiz Noronha, da Conspiração Filmes (RJ) defenderam o projeto para a banca julgadora e a platéia.
A proposta é levar cinema infantil de qualidade para todos. A 7ª Mostra de Cinema Infantil, além da intensa programação no Centro Integrado de Cultura, espalha cinema, alegria e diversão em toda a Grande Florianópolis. Nas próximas duas semanas, vão acontecer exibições em Palhoça, São José e em inúmeros bairros da capital. São cinco mostras itinerantes que vão levar filmes a mais de sete mil crianças, jovens e adultos.
O diretor paulista Flávio Colombini, do filme O mistério do cachorrinho perdido, exibido na tarde de domingo, 29, na programação da Mostra, ficou muito feliz com a receptividade do público de Florianópolis. “Sentei bem na frente e fiquei observando as reações. Foi muito especial”, afirmou.
Nas próximas horas será conhecido o projeto vencedor do pitching realizado neste domingo, 29, na 7ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Trata-se de um processo seletivo em que os participantes defendem seus filmes em apresentação oral para uma banca e o público presente.
Não há mais ingressos para os dois shows do Palavra Cantada, que encerra a Mostra, no dia 13 de julho. Pela terceira vez o grupo paulista de Paulo Tatit e Sandra Peres traz sua alegria contagiante para o público da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. E este ano, em especial, o show Carnaval promete sacudir crianças e pais no Teatro Ademir Rosa.
A oficina Palavra Pintada vai envolver 15 crianças do Projeto Esperança, vindos da comunidade Chico Mendes, continente da capital catarinense, de 30 de junho a 4 de julho, no CIC, dentro da programação da 7ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis.
Em todo debate sobre a produção de conteúdo para o público infanto-juvenil discute-se as normas para a construção de histórias e roteiros de qualidade, que resgatem valores e formem indivíduos 'do bem'.
O mercado foi o tema do 4º Encontro Nacional de Cinema Infantil, realizado neste sábado, 28 de junho, como parte da programação da 7ª. Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. Programadores, investidores e profissionais do setor debateram com agentes do governo a realidade brasileira e políticas públicas que poderiam fomentar a produção nacional.
O 4º Encontro Nacional do Cinema Infantil, realizado neste sábado, 28, no Hotel Majestic, em Florianópolis, contou com a participação especial de Annette Brejner, diretora do Fórum de Financiamento do BUFF FilmFestival de Malmö, na Suécia, e do produtor Lennart Ström, que por 25 anos dirigiu o BUFF. Eles contaram como a Escandinávia se tornou uma das regiões de maior produção de filmes infantis do mundo. Também explicaram sobre o funcionamento dos diferentes fundos e sobre as co-produções internacionais com os países escandinavos. O Encontro faz parte da programação da 7ª. Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, que está inaugurando uma parceria inédita entre Brasil e Suécia.
Um dos destaques da 7ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis é o pitching (apresentação e defesa de projeto) que vai escolher, pela primeira vez no Brasil, uma produção nacional para participar do Fórum de Financiamento do Festival de Cinema para Crianças e Jovens de Malmö (BUFF), na Suécia. Esta iniciativa entre a Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis e o Festival de Malmö abre a possibilidade para o mercado com parcerias e co-produções.
Loading new posts...
No more posts

Faça parte da nossa lista!

Receba notícias atualizadas sobre a Mostra

    Aceito receber emails da Mostra de Cinema Infantil

    logomarcas patrocinadores e realizadores
    Mostra de Cinema Infantil