“O Menino no espelho” levará obra de Fernando Sabino às telas de cinema


Um menino diante do espelho vislumbra uma solução para seus problemas: conseguir um sósia para fazer tudo que ele acha chato, deixando tempo livre para que se dedique apenas ao que gosta. O que é fantasia um dia vira verdade e o reflexo vira uma pessoa. Essa é a trama do projeto do longa-metragem mineiro “O menino no espelho”, vencedor do Pitchig da 9ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis. O filme, dirigido por Guilherme Fiúza Zenha e produzido por André Carreira, da produtora Camisa Listrada, foi escolhido para representar o Brasil no Fórum de Financiamento do BUFF Festival, na Suécia..

Com uma história de muita aventura, humor e emoção, o filme trata de valores universais como a infância, amizade e a descoberta do amor. O roteiro é adaptado da obra homônima de Fernando Sabino, um dos mais reconhecidos autores brasileiros. Com mais de 70 edições publicadas, desde o seu lançamento em 1982, este livro é adotado até hoje em inúmeras escolas pelo Brasil, habitando o imaginário de várias gerações como uma forte referência dos tempos de infância.

Que criança nunca sonhou um dia em ter um clone? Alguém que fizesse todas as tarefas chatas em seu lugar, como ir à escola mesmo sem vontade ou tomar uma dolorosa injeção no hospital. A transformação dessa fantasia em realidade é o tema central do longa-metragem “O Menino no Espelho”. Fernando, um garoto de 10 anos que vive todas as suas fantasias de forma peculiar e intensa. Ele constrói aviões de sucata que quase voam, casas de madeira na árvore e telefones de latinha com barbante. Tem como inseparável e obediente companheiro o cão vira-lata Capeto. Fernando comanda uma organização secreta de investigações domésticas, o P.E.I.D.O, integrada por Mariana, sua vizinha e amiga, Pedro, seu melhor amigo, e Toninho, seu amalucado irmão. As reuniões acontecem no sótão de sua casa, sempre que há algum mistério a resolver.

Sozinho em seu quarto, de castigo, Fernando se sente acuado e entediado. Adormece e tem um estranho sonho com um labirinto de espelhos. Ao despertar, levanta-se e olha no espelho. Seu reflexo sumiu. Volta-se para o lado e vê um menino como ele, um perfeito clone. Ele se chama Odnanref, Fernando ao contrário. Odnanref explica que saiu de dentro do espelho para ajudá-lo. Fernando se assusta com a situação, mas aos poucos percebe a subserviência de Odnanref e começa a manipulá-lo.

É assim que começa essa aventura! A previsão é que as filmagens sejam realizadas em 2011. Parte em Belo Horizonte e muito em Cataguases, cidade que, para o cineasta, lembra a Belo Horizonte dos anos 1930. “O nosso projeto é fazer filme universal em Minas Gerais”, diz Fiúza.

“O Menino no espelho” foi selecionado para importantes encontros de coprodução e laboratórios de roteiro no Brasil eno exterior, como o Encontro de Coprodução do Festival de Mannheim-Heidelberg (Alemanha), Produire au Sud, Novo Cine (Encontro de Cinema Brasileiro na Espanha) e Laboratório Sesc de Roteiros Infanto-juvenis. Alémdisso, recebeu a ajuda do Programa Ibermedia na categoria desenvolvimento e o prêmio de Melhor Argumento no Concurso da Globo Filmes no Cine Ceará em 2009, o que resultou no compromisso de um apoio em mídia na TV Globo para o seu lançamento.

Uma resposta

  1. sonia Izabel barbosa

    sim. fui fotografada. e me ligaram dzendo que fui uma das contepladas para figurant do filme o menino no espelho. aguard ser chamada pois me enteressa. adorei a ideia beijokkks tia sonia!!!

Deixe seu comentário