Encontro do Cinema Infantil debate fortalecimento da produção audiovisual


As referências de heróis para as crianças vêm sendo desconstruídas no cinema nacional. Protagonistas negros, mulheres, indígenas dão lugar a outras narrativas e permitem que mais crianças se sintam representadas. O tema foi abordado neste sábado (30) no Encontro Nacional do Cinema Infantil.

Mediado por Luiza Lins, diretora da Mostra, o evento reuniu Assumpção Hernandes Moraes de Andrade, produtora da animação “Tropa de Trapo – na selva do Arco Íris”, André Pellenz da ficção “Detetives do Prédio Azul, Arthur Felipe Fiel da animação “Dando asas à imaginação”, Joyce Prado e Thallita Oshiro da ficção “Fábula de Vó Ita”, Luciano Vidigal da ficção “Lá do alto” e Mauro D`Addio da Silva da ficção “Sobre Rodas”.

 

Apresentação: Tata Fromholz

Edição: Leonardo Gatti

Imagens: Marco Martins

Deixe seu comentário